imagem agua1.png

PROGRAMA

MESAS REDONDAS

O DEBATE OBRIGATÓRIO DAS QUESTÕES DO SETOR, COM A PARTICIPAÇÃO DE ESPECIALISTAS CONVIDADOS

 

| O VALOR DA ÁGUA ENQUANTO SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL

Esta é, cada vez mais, uma questão central para o setor da água. A falta de reconhecimento dos serviços prestados pelas Entidades Gestoras não contribui para a perceção do valor do serviço prestado. Sem mudar o paradigma não será possível que os consumidores percecionem a importância destes serviços na sua qualidade de vida e no seu contributo para a preservação do meio ambiente. O que podemos fazer para que este valor seja percecionado? Como devemos comunicar de forma mais eficaz, para dentro e para fora? 

 

Moderador: Paulo Sande, Cruz Vilaça Advogados

 

Oradores:  

António Cunha, CEO, Aquapor 

Eduardo Cardadeiro, Professor, Universidade Autónoma de Lisboa 

Mário Raposo, Diretor Criativo, NOWA 

Rui Santos, Presidente, Câmara Municipal de Vila Real/ ANMP

Alexandra Serra, Presidente, Águas do Tejo Atlântico

António Pina, Presidente, AMAL 

José Pimenta Machado, Vice-Presidente, Agência Portuguesa do Ambiente

  

| CIRCULARIDADE, DESCARBONIZAÇÃO E SUSTENTABILIDADE COMO INSTRUMENTOS PARA A CRIAÇÃO DE VALOR

A construção de serviços de água circulares, sustentáveis e neutros em carbono traz um conjunto de desafios, mas também muitas oportunidades de negócio. A economia circular apresenta-se como um modelo económico regenerador e restaurador rumo ao desenvolvimento sustentável, nomeadamente no que concerne à transformação das ETAR em fábricas de recursos com a recuperação e valorização de subprodutos com valor comercial (água, energia, lamas e outros). Aproveitar essas oportunidades é essencial para a criação de valor nas entidades gestoras.

Moderador: Rafaela Matos, Investigadora, LNEC

 

Oradores:

Claus Homann, Chief Operating Officer and Chief of Strategic Development, Aarhus Water 

Eduardo Medina Barbot, Administrador, Indaqua 

Henrik Dissing, Program Manager, Business and Innovation, Danish Environmental Protection Agency

Nuno Campilho, Diretor-Geral, Águas do Baixo Mondego e Gândara

Vítor Aleixo, Presidente, Câmara Municipal de Loulé 

| PERDAS DE ÁGUA - MODELOS E METODOLOGIAS PARA RESULTADOS DE EXCELÊNCIA

 

Mobilizar todas as entidades gestoras para a necessidade de melhoria da eficiência hídrica dos sistemas de abastecimento de água é o mote desta mesa redonda. Serão abordados os fatores críticos para o desenho e implementação de uma estratégia bem-sucedida de redução e controlo de perdas de água, bem como partilhadas experiências e metodologias de referência no setor.

 

Moderador: Andrew Donnelly, Coordenador do Departamento de Gestão de Perdas e Afluências Indevidas, EPAL

 

Oradores: 

Artur Costa, Diretor de Operações e Serviços de Cliente, AlticeJosé Peças, Coordenador Comercial das Concessões, Aquapor-AGS/ CEGC-APDA

Pedro Fernandes, Diretor de Gestão de Clientes, SU Eletricidade

 

 

| SATISFAÇÃO E EXPERIÊNCIA DO CLIENTE

A digitalização impulsionada pela COVID-19 veio acelerar a alteração de paradigma na relação com o cliente. Neste contexto, e perante uma sociedade mais informada e exigente, é imprescindível que as entidades gestoras coloquem o cliente no centro da sua estratégia, proporcionando-lhe experiências agradáveis em todas as interações. As boas práticas de otimização da experiência do cliente vão estar em destaque nesta mesa redonda com a participação de oradores de dentro e de fora do setor.

Moderador: Luís Branco, Consultor de Marketing Digital, WSI

 

Oradores:

Carlos Vieira, Diretor-Delegado, SMAS de Sintra 

Fernando Neves de Almeida, Partner, Boyden Portugal

Rui Mendes da Costa, Diretor de Recursos Humanos, Águas de Portugal

 

| GESTÃO E VALORIZAÇÃO DAS PESSOAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

A gestão estratégica de pessoas é atualmente um dos maiores desafios das entidades gestoras, sejam elas públicas ou privadas. Para fazer face às novas exigências, impõe-se a adoção de iniciativas que ajudem a valorizar e potenciar os colaboradores. Capacitação, motivação, envolvimento, desenvolvimento e reconhecimento assumem-se como fatores críticos de sucesso e, como tal, serão o foco desta mesa redonda.

Moderador: Maurício Korbivcher, CEO, Great Place to Work Portugal

 

Oradores:

Ana Casaca, Global Head of Innovation, Galp

Bruno Horta Soares, Leading Executive Advisor, IDC Portugal

Pedro Fontes, Diretor de Inovação e Desenvolvimento, EPAL

| A MÁQUINA DO TEMPO - VISÃO DO SETOR EM 2050

Vamos entrar na máquina do tempo e proporcionar uma viagem aos serviços de água em 2050. Uma visão de um setor mais sustentável e do caminho para lá chegar e dos desafios a vencer. Um caminho moldado pelos desenvolvimentos tecnológicos, que exige alterações fundamentais ao nível das estruturas de gestão e governação, dos modelos de negócio e de operação e dos métodos de organização do trabalho como resposta à evolução dos valores sociais e culturais dos cidadãos e consumidores.

Moderador: Frederico Barros Lopes, Comissão Especializada de Inovação, APDA

 

Oradores:

Francisco Narciso, Presidente, Águas Públicas do Alentejo

J. Henrique Salgado Zenha, Vice-Presidente, APDA 

Jaime Melo Baptista, Coordenador, Grupo de Trabalho do PENSAARP 2030

Miguel Lemos, Presidente, Águas de Gaia

Pedro Perdigão, CEO, Indaqua

Vera Eiró, Presidente, ERSAR

| PENSAARP 2030 - ONDE ESTAMOS E PARA ONDE VAMOS?

O PENSAARP 2030 dá sequência a quatro ciclos estratégicos após o início da grande reforma do setor da água. Como podem ser ultrapassados os problemas crónicos do setor? Quais são os investimentos prioritários e as fontes de financiamento disponíveis? Que modelos de governança e de estruturação devem ser privilegiados? Quais os fatores críticos para a circularidade, descarbonização, digitalização e inovação do setor? Como devem ser suportados os custos da gestão das águas pluviais? São estes os motes para a mesa redonda que se propõe discutir a visão, os objetivos e as metas definidas no novo plano estratégico.

Moderador: Sérgio Hora Lopes, Coordenador do Conselho Consultivo, APDA

 

Oradores:

onda cor e branco.png